Os Ateliês Interculturais visam à troca de experiências em torno da diversidade cultural e social. Nesse sentido, a APE e a direção do Lycée Molière buscam facilitar o diálogo entre os diversos atores envolvidos no Lycée Molière (pais, alunos, corpo docente e administrativo etc) e promover a interação entre diferentes organizações francesas no Brasil, contribuindo, assim, para a criação de uma comunidade coesa e solidária.

Ensemble, construisons un pont entre les cultures.

Juntos, construímos pontes entre as culturas.

O que você pode fazer

Sendo mãe ou pai de alunos, não importa sua nacionalidade  nem sua sensibilidade ao intercultural, nós lhe convidamos a participar desses ateliês para compartilhar seus pontos de vista, e buscarmos juntos explicações para essas diferenças.

Os ateliês interculturais são um projeto da APE que favorece a troca de experiências em torno da diversidade cultural e social do Lycée Molière.

Diversidade cultural e social no Lycée: nosso desafio, nossa riqueza.

Contexto

O Lycée Molière acolhe cada vez mais famílias não francófonas sem ligações diretas ou indiretas com a França ou mesmo com o idioma francês. Em alguns casos, a escolha dos pais de escolarizar seus filhos no liceu francês pode ser explicada pelo atrativo de uma escola bilíngüe e internacional a um preço acessível, sem que haja, por parte deles, um conhecimento adequado sobre a imensa cadeia de valor agregado proporcionada pelo sistema educacional francês. Essa barreira cultural às vezes pode gerar decepções e mal-entendidos.

Nesse sentido, a falta de conhecimento do idioma francês e as diferenças culturais entre franceses, brasileiros e outras nacionalidades representadas no cotidiano do Lycée Molière (entre alunos, pais, professores e funcionários) frequentemente geram mal-entendidos, frustrações e dificuldades de integração entre esses atores.

Solução

Visando a identificar e a trabalhar sobre as incompreensões interculturais, e visando à integração das famílias no Lycée Molière, a APE solicitou – e obteve – um subsídio do Ministère de l’Europe et des Affaires étrangers para realizar em parceria com o Lycée Molière, o projeto dos ateliês interculturais.

Desafios
  • Fornecer aos pais as ferramentas necessárias para compreender as escolhas educacionais francesas (idioma francês e consciência intercultural).
  • Converter uma escolha de escolaridade quiçá oportunista numa escolha comprometida a longo prazo.
  • Identificar as barreiras interculturais presentes no cotidiano da escola.
  • Explicar e valorizar as diferentes abordagens e prioridades educacionais de acordo com o viés cultural de cada pessoa.
  • Fortalecer e explorar a rede de instituições para promoção da cultura francesa no Brasil de forma a contribuir para a integração dos pais no Lycée Molière.
Método

Estabelecimento de ateliês interculturais em parceria com a TellUs Cultures, uma associação francesa sem fins lucrativos especializada no tratamento de questões relacionadas a experiências interculturais.

O que as famílias dizem a respeito dos Ateliês:

« Muito proveitosa a participação no ateliê, interagir e trocas experiências foi interessante. Gostei muito! »

« Obrigada pela iniciativa, inclusive por ser traduzido simultaneamente. »